Notícias

Aliança NEO traça novas metas para fortalecer jovens em Pernambuco

Por 13 de abril de 2021Sem comentários

O Grupo de Trabalho para a Sustentabilidade da Aliança NEO, uma articulação público-privada, realizou sua primeira reunião, nesta terça-feira (13), para traçar metas que viabilizem, em 2021, a continuidade das ações de articulação de políticas públicas capazes de beneficiar jovens pernambucanos em situação de vulnerabilidade.

 

Os primeiros passos do GT envolvem identificar patrocinadores e aliados que se interessem em apoiar ou integrar a Aliança; elaborar projetos para participar de editais e iniciar o planejamento de comunicação para transmitir melhor as ideias, informações e objetivos da aliança que existe desde 2017. 

 

Segundo o secretário executivo do Trabalho e Qualificação, Álvaro Jordão, a reunião traçou caminhos para reduzir a distância entre os jovens e as demandas atuais do mercado de trabalho. De acordo com ele, o passado recente mostra que a orientação e a preparação de quem lida diretamente com esse público, bem como a capacitação dos jovens fazem diferença para melhorar a empregabilidade deles. 

 

Uma das representantes do Instituto Aliança, Adriana Franco citou, como exemplo, a capacitação de educadores do SENAI e da Secretaria de Educação de Pernambuco, que facilitou o uso da tecnologia em meio à pandemia para elaboração de aulas. “O uso de tecnologias para a sala de aula ajudou muito. Com uma série de ferramentas, eles tiveram mais facilidade diante da pandemia. No ano passado, a gente fez um outro formato e capacitou as gerências de educação do Estado (16) e uma das ações deste ano é acompanhar esses coordenadores capacitados na multiplicação dentro da metodologia”, destacou Adriana. 

 

A reunião da Aliança NEO se deu no formato online. Estiveram presentes representantes das secretarias da Mulher; da Educação; do Trabalho, Emprego e Qualificação; do Instituto Aliança e da CNI.